quinta-feira, 4 de março de 2010

A PÁSCOA

A Páscoa é uma das datas mais importantes entre as culturas ocidentais. A origem dessa comemoração remonta a muitos séculos atrás. Historiadores encontram informações que uma festa de passagem do inverno para a primavera era comemorada entre povos europeus há milhares de anos. Geralmente essa festa era realizada na primeira lua cheia da época das flores.

Entre os primeiros cristãos, esta data celebrava a ressurreição de Jesus Cristo (quando, após sua morte, sua alma voltou a se unir ao seu corpo). O festejo era realizado no domingo seguinte à lua cheia posterior ao equinócio da Primavera. Entre os cristãos, a semana anterior à Páscoa é considerada como Semana Santa, ela tem início no domingo de Ramos e marca a entrada de Jesus na cidade de Jerusalém.

Símbolos da Páscoa

Coelho: O coelho tornou-se o símbolo mais popular da Páscoa por sua capacidade de reproduzir grandes ninhadas. Sua imagem simboliza a capacidade da Igreja de produzir novos discípulos constantemente.

Colomba Pascal: O bolo em forma de “pomba da paz” significa a vinda do Espírito Santo.

Quaresma: Os 40 dias que precedem a Semana Santa são dedicados à preparação para a celebração.

Ovo de Páscoa: Na antiguidade os egípcios e persas costumavam tingir ovos com cores da primavera e presentear o nascimento pra uma nova vida. Em vários países da Europa, os ovos eram decorados para presentear crianças e idosos. Esses ovos não eram comestíveis, eles simbolizavam a religião e os votos de pureza, amor e fraternidade.

O ovo simboliza a vida, a vida oculta, misteriosa que está por desabrochar e que surgirá cheia de esperanças.

Chocolate: Nas civilizações dos Maias e Astecas, que consideravam o chocolate como algo sagrado e tal qual o ouro, os astecas usavam como moeda. Na Europa aparece a partir do século XVI, tornando-se popular rapidamente. Era uma mistura de sementes de cacau torradas e trituradas, depois juntada com água, mel e farinha. O chocolate, na história, foi consumido como bebida. Era considerado um alimento afrodisíaco e dava vigor. Por isso, era reservado em muitos lugares aos governantes e soldados.

Os bombons e ovos como conhecemos, surgiram no século XX.

Um comentário:

Lucy disse...

passei pra te dar um OOOOOOOOIIIIIIIII...rsrsrs bjos